Comer um prato de comida não é a mesma coisa que degustá-lo por inteiro. Cada ingrediente utilizado para preparar uma receita tem uma história por trás, seja ela de uma cultura, produtor, animal, religião, ou mesmo uma empresa. Muitas dessas histórias são inspiradoras, mostrando a paixão que move a produção de certos alimentos. Outras, em contrapartida, são focadas apenas no lucro, provocando sofrimento ao longo de todo o processo de elaboração.

O Comida com História surge da vontade de contar essas histórias, mas também da necessidade em educar o consumidor sobre os alimentos que ele come. Em um mundo em que a população varia entre os extremos obesidade e má nutrição, em que um chef é mais valorizado que um produtor, em que a variedade de nossas dietas é substituída pela padronização de alimentos, e no qual quem produz nossa comida passa fome, é importante dar voz àqueles que produzem se preocupando com a sustentabilidade em todos os seus sentidos dentro do sistema de produção de comida, aos criadores de novas tecnologias que ajudam a reduzir os impactos de nossas dietas, assim como àqueles que mantém vivas tradições culinárias que conservam nossas raízes.

Para nós do Comida com História, a comida tem múltiplas facetas. Ela começa com o acesso à terra pelos agricultores, passa pela seleção das sementes, cuidado com os animais, chega até a questão do desmatamento e a preservação da biodiversidade, percorre continentes em busca de trabalho na lavoura, é a fruta tropical mantida em baixas temperaturas para ser distribuída durante todo o ano, é a fome, a obesidade, aquela tradição de fazer queijo que vem de outras gerações, é o caminho percorrido pelo alimento até chegar à sua mesa, é a importância de um prato para uma cultura, é o papel da mulher na produção alimentar, é o direito ao alimento, o acesso a ele, é uma dieta, uma nova tecnologia, é a água, é quem faz a comida, desde seu plantio ou criação até o seu preparo, é o agricultor, é o produtor, o cozinheiro, o chef, é o lixo gerado na produção da comida, o desperdício, e é, acima de tudo, você, aquele que pode influenciar em todos os itens do sistema alimentar com seu conhecimento e poder de compra.

Boa degustação!