Contando histórias por trás da comida

Contando histórias por trás da comida

junho 2020

Queijos à base de castanha de caju

Os índios tupis tinham uma forma muito inusitada de marcar a passagem dos anos. Eles tomavam como base a frutificação dos cajueiros, que acontece de dezembro a janeiro. Durante a safra do caju, cada indivíduo guardava uma castanha de caju dentro de um recipiente para contar a sua idade. Essa tradição, pesquisada por Tathiana Alves…

Leia Mais

Cultura do chá brasileiro é propagada por especialista

Você teria coragem de largar uma carreira de anos que dá a você um retorno financeiro muito bom para se dedicar a algo totalmente sem garantia de sucesso, mas que faz muito sentido para você e seus objetivos de vida? Pois Renata Acácia, atualmente especialista em chá, teve essa coragem e, desde que largou o…

Leia Mais

Acne, dieta e problemas futuros de saúde

A acne tem causado insegurança nos adolescentes da sociedade moderna por bastante tempo. Esse problema inflamatório atormenta médicos de todo o mundo fazendo-os culpar os hormônios – “A sua acne deve-se às alterações hormonais”. “Você pode tomar esses antibióticos para, quem sabe, resolver o seu problema, mas provavelmente não vai ajudar porque você tem problemas…

Leia Mais

Como a exportação de ovas ajuda a valorizar a safra da tainha

Todos os anos, entre maio e julho, depois que as hordas de turistas vão embora, é a vez dos cardumes de tainha chegarem em peso ao litoral catarinense. Para a comunidade da Barra da Lagoa, em Florianópolis, a safra da tainha é um momento tão aguardado quanto a própria temporada de verão. Quando a Lagoa…

Leia Mais

Cozinha patrimonial da Bahia para todos

Entrar no restaurante Dona Mariquita é voltar a um tempo que quase não existe mais na Bahia. Rendas de bilro e rendas rechileud, arte em barro, balaios, parede de barro como as das casas de pau a pique e imagens do Candomblé complementam a cozinha patrimonial da Bahia de Leila Carreiro, uma cozinheira baiana apaixonada…

Leia Mais

Como a união entre os agricultores facilita o acesso à certificação orgânica

Quando Inge e Arnildo Stein compraram um terreno na área rural de Porto Belo (SC), em 1996, encontraram uma área cercada de nascentes, mas tomada por pastagens e vegetação secundária. Antes de qualquer coisa, eles deixaram a floresta nativa se regenerar. E foi graças a esta decisão que, vinte anos depois, o Sítio Paraíso Bio-Orgânico…

Leia Mais